Sobre a Chimp


Design: Um exercício de melhoria da sociedade

Após os choques da revolução industrial, começaram na Europa discussões criativas sobre a melhor maneira de se criar produtos para a nova realidade social. Assim nasceu o modernismo, movimento que acabou tendo forte impacto na arquitetura brasileira, em especial sua capital, inaugurada em 1960.

Infelizmente, essa influência não floresceu com o mesmo vigor no design dos produtos do dia a dia, disciplina que ficou conhecida como design industrial.

Sem um exercício de design meticuloso, os produtos se rendem às forças econômicas, se tornando chamativos e superficiais com o intuito de gerar apelo de vendas.

Assim, se deterioram a vida tanto dos clientes — que acumulam produtos ruins e crescem sem conhecer objetos de qualidade — quanto dos empreendedores e comerciantes, que não encontram significado em seu trabalho, e se mantém vulneráveis e dependentes de políticas protecionistas.

Na Chimp, lançamos apenas produtos com raison d'être bem deliberada.

Damos ênfase crucial em se equilibrar a função de nossos produtos com a sua qualidade estética. A estética é essencial para a funcionalidade de um produto, pois a aparência dos produtos que nos rodeiam afetam nosso bem-estar diretamente.

Acreditamos que o design representa o momento de gênesis de um mundo melhor. A imaginação precede a execução, e por fim, melhoria da vida.

Nosso processo criativo começa em estudar e entender as necessidades de nossos clientes. Convidamos você a se tornar um deles, e fazer parte da criação de um mundo melhor.